Whole

16 de janeiro de 2017


Nossa, há quanto tempo eu não passava por aqui!!! Hoje vim por uma boa causa, compartilhar com vocês um pouquinho do plano alimentar que eu estou seguindo há uma semana. Algum de vocês por acaso já ouviu falar no Whole30? É um programa com duração de 30 dias onde o objetivo é reprogramar o seu corpo, zerar, deixar livre de qualquer substância maléfica e desnecessária. Fácil? Não. Mas, longe de ser impossível. O programa foca no consumo de alimentos saudáveis e naturais, portanto, nada de comida industrializada, refrigerantes, doces e afins. "Retire de sua dieta, por 30 dias, tudo que pode ser psicologicamente não saudável, inflamatório, de difícil digestão ou capaz de causar mudanças hormonais." É proibido consumir açúcar, glúten, lactose, grãos, bebida alcoólica e cigarros. Para quem quiser conferir a lista completa de alimentos proibidos e permitidos é só entrar no site. Nada de subir na balança durante os 30 dias, porque o programa vai muito além da perda de peso. 
Mas, o que adianta seguir o programa por 30 dias e depois comer tudo novamente?
A ideia é: reprogramar o corpo e também a mente. Se eu vou parar de comer doce pra sempre? Provavelmente não, mas com certeza me reeducar vai fazer com que eu consuma muito menos açúcar e com mais consciência. Equilíbrio é a melhor alternativa sempre.

Mas, você já é magra, pra que isso?
É claro que nós mulheres nunca estamos 100% satisfeitas com nosso corpo, sempre tem uma gordurinha que poderia ir embora, né? Bom, eu não me acho gorda, o meu foco não é emagrecer. Quando eu comecei a mudar minha alimentação e fazer atividade física, o meu objetivo realmente era emagrecer e fortalecer. Agora, depois de 1 ano e meio que eu mudei a minha rotina, meu foco é totalmente outro: melhorar a minha qualidade de vida e consumir na maior parte do tempo alimentos que façam bem para o meu corpo.

Qual a parte mais difícil?
DOCES. Sorvete, doce de leite, brigadeiro. Não passa uma refeição sem que eu tenha vontade de me atracar numa barra de chocolate logo em seguida. Mas, to seguindo firme e forte.
PLANEJAMENTO. Essa parte também requer empenho, não é fácil. Você precisa se planejar, ir ao mercado, saber quais alimentos comprar, ter as receitas em mente. Para que você não seja pego desprevenido, com fome por aí, é necessário planejar o seu dia antes de sair de casa, e se preciso levar lanchinhos.

O que ajudou?
O que me ajudou nisso tudo é que o meu namorado, Valter, também está seguindo o programa. Na verdade, foi ele quem teve a iniciativa e eu topei o desafio. Fica muito mais fácil quando o seu namorado está no mesmo barco que você, não é? Fazer o programa sozinha é um desafio maior ainda. O que facilita muito também é que ele cozinha, inventa receitas com os alimentos permitidos e aí fica moleza seguir a dieta com um chef particular huhuhu.

É isso aí. 7 dias e nenhum deslize. Ahhh, caso exista algum deslize é necessário zerar... isso mesmo, tem que começar tudo de novo. Daqui alguns dias eu volto pra contar mais um pouco... Nossa senhora do doce de leite que me ajude!!!

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário



Isadora Markus • Todos os Direitos Reservados • Copyright © 2016 • Powered by Blogger • Desenvolvimento por